Onde estamos no mundo?

Me lembro de sempre estar no deserto quando vou pra qualquer lugar aqui no Rio de Janeiro. Cada pessoa parece ser um grão de areia e uma multidão uma duna. Nunca fui pro deserto, pois parece que ele está em cada um de nós. Penso que na verdade nem é preciso irmos para estarmos em algum lugar. As vezes podemos estar no coração de alguém e talvez nem nos demos conta disso. Outras vezes outras pessoas podem estar querendo estar em nosso coração para talvez um passeio turístico permanente.

***

A minha primeira coleção de gibis começou com um do Tio Patinhas. Tive muitos gibis: Pato Donald, Mickey, Zara, Zé Carioca, Ford, Fantasma, Calças Jeans Surrada De Tanto Usar, Coração Partido, Eu, Solidão, Vazio Existencial, O Menino Maluquinho, Literatura Comentada sobre Castro Alves, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino, e Monteiro Lobato, Almanaque Da Turma Da Mônica, Capitão América, Urtigão, Recruta Zero, Certas Revistas, Outras Coisas & Muito Mais e Cia.

Enfim, até hoje sem grandes amores, mas somente aquelas paixões de rua momentaneas que duram alguns segundos ou minutos ou até o momento em que a pessoa desce do ônibus e da sua vida. Outras sempre entram nesse coletivo da vida diária … Pegamos-lo sem saber pra onde ir ou pra onde vai? Não parece que nos é dado a opção de perguntarmos ao motorista. Essa última frase poderia ser uma letra de música? De que cantora (pensei em cantora)? Acho que da Ana Carolina, certamente.

***

Hoje deixo um vídeo da Dani Noce que mostra um pouco Route 66. Abaixo deixo um mapa e o vídeo em seguida.

 

Anúncios